Seguidores

sábado, janeiro 23, 2010

VONTADE DE MORRER

VONTADE DE MORRER
De: Ysolda Cabral


Pela maneira dela ser,
Se não é doida e nem poeta,
Responda-me quem souber:

É um ser extraterrestre?
Uma irresponsável qualquer?
Uma perdida no mundo,
Com fama de bem-me-quer?

Ah, meu amigo!
Responda-me se puder:

Que sina triste é essa,
De parecer sempre alegre,
Quando o coração dela padece?

Pela maneira dela ser...
Responda-me quem souber:

Como pode uma mulher,
Que ama desesperadamente,
Ter vontade de morrer?

Publicado no Recanto das Letras em 23/01/2010
Código do texto: T2046486

2 comentários:

Verbalizar disse...

Muito Lindo! Ysolda Parabéns!

Moacir Rodrigues disse...

Morrer nunca! Temos mais é que viver e viver intensamente. Abraços.