Seguidores

domingo, janeiro 22, 2006

TAMBOR DO ENCANTADO



TAMBOR DO ENCANTADO

O SONHO É IRREAL
O PESADELO É REAL
O SENTIMENTO É DE SOLIDÃO
E SOLIDÃO É SEDIMENTAÇÃO
O PENSAMENTO NÃO SE EXPANDE
E NO ESPAÇO SE LANÇA
E NADA, ABSOLUTAMENTE NADA,
ALCANÇA

QUISERA SER SEMPRE
PRIMAVERA EM COR
COM RAIOS DE CALOR
AROMA SÓ DE AMOR
FUGIR DO VENDAVAL
SEM TER UM IDEAL
DE SER OU DE NÃO SER
APENAS DE ESTAR
PRIMAVERA EM COR

FICAR SEM CONFUSÃO
SABENDO A ORAÇÃO
PARA O IR E SE VOLTAR
SABER O RETORNAR
COM CONSCIÊNCIA DA DOR
SEM SER UM SOFREDOR
NA BUSCA DO PORVIR
QUE DE TANTO PROCURAR
DEIXA DE SERVIR

SERVIR SEM RESTRIÇÃO
TODAS AS ILUSÕES SENTIR
SABER QUE A EXISTÊNCIA
QUANDO SEM CARÊNCIA
NÃO HÁ NECESSIDADE
DO SORRIR

SORRIR ESCANCARADO
DE CORAÇÃO ATRAPALHADO
DE RITMO COMPASSADO
TOCANDO ALEGREMENTE
NO TAMBOR DO ENCANTADO
RETUMBANDO SÓ AMOR

2 comentários:

Larissa Lima disse...

Minha tia.
Se garanti muiiito.
Cada texto + belo \o.
Texto muiito lindo.
O importante é ser feliz né?
Saudadesss
(L)

Anônimo disse...

O entrosomento com a vida , é fantástico!!! Quando descobrimos o "segredo"., tudo já é Encantamento... Feliz de quem percebe o novo e o velho que são um só . A essência da vida, não está ali nem lá. Está aqui e agora em voce e em mim! Em nós... O segredo da vida em movimento , a desenvoltura diante dela . É mágico, pleno e perfeito. São para poucos , minha irmã querida!

Inára