Seguidores

sexta-feira, maio 04, 2007

MEU REFLEXO


Meu Reflexo
De: Ysolda Cabral


Para não perder o chão,

Resolvi ele polir,

Para que brilhasse muito...

E me fazer sorrir.


Queria no meu chão,

O brilho que a lua dar,

Sem nenhum esforço ao mar.


Então peguei uma vassoura,

Um balde com bastante detergente,

Uma toalha bem fofinha,

E ele foi lavar.


Depois de bem lavado,

Enxuto e bem limpinho,

Passei-lhe a cera indicada,

E fiquei a espera dele secar.


Peguei meu violão,

E comecei a tocar e a cantar.

E o chão passou a me esperar...


Depois de longo tempo,

Lembrei-me dele.

E, com muita pena,

Larguei meu violão...

E fui polir o chão.


Quando o brilho começou a aparecer,

E eu a me alegrar,

Sem nenhum tombo levar,

Já que eu era a lua,

E ele era o mar...


As pernas ficaram bambas...

A cabeça meio tonta e a rodar.

Fui correndo para o banho,

E caí depressa na cama,

Nem vi o chão brilhar...

Mas tive lindos sonhos,

Isto eu posso assegurar
************************************
Para: Minha amiga Ysolda
De: Valéria Brasil
"A lua cheia tão linda,
também brilha no meu chão...
passei o dia inteirinho
limpando com água e sabão!
Pensei: - Vou escrever pra minha amiga!
E dizer-lhe por compaixão:
- Será que nos duas querida!
Temos a mesma missão??
Se não for
eu toco em frente,
não me assusto,
nem me abalo,
Penso somente:
- se de tudo nós duas,
não temos nada igual!
Temos o sentimento
muito terno e fraternal.

2 comentários:

Anônimo disse...

E o chao a rodar ... hahaha só voce mesmo para tamanha energia. Quem dera ter a metadade de tanta força garra e determinaçao para tanto . Ainda bem Eta sono baaoooo

Bjso

Inara

yrama02 disse...

Oi minha linda!

Passei aqui para matar um pouco a saudade de ti.

Beijos e abraços,
Yamaha.