Seguidores

quinta-feira, maio 03, 2007

NOITE DE LUAR


Noite de Luar
De: Ysolda Cabral

Nunca tinha visto a Lua assim...
Só e bela!
O céu com poucas estrelas,
Todas brilhando para ela.

Bela como nunca,
Pergunto-me:
Será que alguém,
Esteve mesmo nela?

Tão pura e sem nenhuma mácula,
Enorme e bem amarela,
Eu olho para ela,
E ela olha para mim,
Sorrio e digo assim:
Que bom tê-la hoje só para mim!

Seu reflexo acaricia suavemente o mar,
E ele fica bem sereno e quieto,
Se deixando acariciar,
Sem nenhum protesto.

Fico boba de ver,
Como ela neutraliza sua força...
Até o vento parece se aquietar,
E nenhum segredo querer contar.

Continuo a olhar para ela,
Aprendendo a escutar...
E a voz do meu coração,
Naquele momento diz:
- Fica tranqüila...
Jamais ninguém esteve lá!

2 comentários:

Yauanna disse...

Mãe, adorei a poesia!
A Lua é um Astro maravilhoso, só de olhar para sua beleza nos acalma e nos contagia.. Principalmente para os enamorados, não é mesmo?
Continue escrevendo sempre,mamãe.
Te amo muito

Anônimo disse...

Que poema lindo!!!!!!!! Logo eu, que me encanta, me envolvo me elevo me levo por ela. Por ser meu regente .Literalmente sou de Lua , ora to começando a encher e aí vai crescendo fico cheia... depois emudeço mingo e fico pequena quando estou em reflexão... para logo depois me renovar é a Lua Nova
Todas linda as fases e quando cheia plena euxuberantes e mágica, é perfeita!

Amei , minha irmã lindo!!!!

Inara