Seguidores

quinta-feira, agosto 16, 2007

ENFERMARIA E SONHOS





Enfermaria e Sonhos
De: Ysolda Cabral


Cá estou novamente,
Não no mesmo lugar,
Mas na mesma situação...
De agonia, de ironia,
E de espera,
Daquilo que é muito
Ruim esperar.

Escuto pranto,
Risos e muitas falas...
E nas paredes falsas,
Muitos toques.
Entre eles o silêncio,
Tentando se fazer notar.

É preciso que ele aconteça,
Para se refletir e melhorar.
E assim a esperança,
De tudo que se sabe,
Impossível alcançar,
Talvez só por um instante,
Venha a nos socorrer e aliviar...

Do meu canto,
Inconfortável e franco,
Tento me encostar
Nos meus sonhos,
Cada vez mais raros
E difíceis de sonhar.


2 comentários:

Sergio disse...

Querida
Voltando aqui depois de tanto tempo mas com a certeza que seus sonhos logo voltarão a fazer parte do seu dia dia
Luz e paz a voce
beijos

atitudes valem mais que palavras disse...

Linda Amiga Ysolda
Essa poesia vem do fundo da sua alma, voce fala de sonhos, esperancas e eu fico aqui torcendo para que todos os seus desejos sejam realizados....
Amo voce minha poetiza number one
estou muito ansiosa aguardando a publicacao do seu livro
bjos na alma