Seguidores

quinta-feira, abril 13, 2006

SEM ESPAÇO NA ALMA



SEM ESPAÇO NA ALMA
QUANDO A TRISTEZA É PROFUNDA,
O SORRISO DESAPARECE, EMUDECE...
A VONTADE DE DESISTIR INSISTE,
PERSISTE E RESISTE...
SEM PEDIR LICENÇA,
FECUNDA,INUNDA,TRANSBORDA,
ASSOLA E SE LANÇA SEM ESPAÇO NA ALMA.


CONFIANÇA, SE NÃO EXISTE,
DESISTA!
E SABER O QUE MAIS DÓI,
É BESTEIRA, TOLICE...

SEMPRE ESCREVI, ESCREVO E
AINDA VOU ESCREVER,
MESMO SEM CANTO E SEM POESIA,
AS COISAS QUE SINTO,
EM MOMENTOS DISTINTOS,
QUANDO ME DEIXO SEM SINTONIA...

NÃO COLOCO RIMA, POIS RIMAR NÃO SEI.
E, MESMO COM AMOR, SÓ SEI RIMAR AMOR COM DOR...
E NÃO SEI AMAR ASSIM...
DESTRUIRIA A LIRA E A RIMA,
E MINHA ALMA DE TÃO TONTA...
FICARIA PARTIDA, CAÍDA ...
SENTIDA...

NÃO SEI CALAR QUANDO GRITO,
NÃO SEI GRITAR QUANDO CALO...
SOU TODA O CONTRÁRIO...
ÀS VEZES NÃO SEI O QUE SINTO,
O QUE PENSO OU O QUE DIGO...

QUANDO SINTO DOR, DÓI PRA DANAR,
E DEMORA A PASSAR
E QUANDO PASSA,
A MARCA FICA E VINGA...
FICANDO COMO TATUAGEM NA ALMA,
DE FORMA DEFINITIVA...

ALEGRIA, TRISTEZA, CERTEZA,
DE QUE LOUCA SOU EM ACREDITAR,
QUE AINDA SOU...
QUANDO SEI QUE NADA SOU.

CRIANÇAS, FLORES, AMORES...
CANÇÃO, AÇÃO, SEI NÃO!
CANTAR, SOAR, MAIS NÃO...
SERIA EM VÃO E , SE É ASSIM,
QUERO NÃO!

DORES... HORRORES...
LOUVORES... QUEIMORES...
SOLIDÃO... ENTÃO?
MAIS NÃO!
CHORAR,SARAR, PARAR...
TEM COISA,
QUE NÃO TEM JEITO, NÃO!

4 comentários:

Anônimo disse...

Vejam só., quem conhece voce sabe que isso é YSOLDA! rima , poesia e prosa. Controversa , ligeira e mais do que nunca poeta. É pefeito ler e ver o labirinto que somos. Escritos ali! ou bem aqui! Como nosso universo é amplo e irrestrito. Quando, quanto se mantem na mediocridade ,as vezes de não ser!

PS são nesses momentos raros que me deleito e me realizo em um universo perfeito. Onde explode a nossa essência junto ao Criador!

Inara

Anônimo disse...

Inára você devia fazer um blogger. Com a sensibilidade que você tem, tenho certeza que lhe estimularia a escrever belos e suaves textos, dignos de serem lidos por qualquer pessoa de sensibilidade ou não.
Beijos

E, obrigada por estar sempre tão perto de mim.

Ysolda Cabral

Anônimo disse...

Na verdade, eu é que agredeço por tornar a minha vida mais prazerosa Ysolda porque o que nós somos se não nossa essência!!! Que razão a Vida teria e depois dela!? Se não fosse esse mundo infinito e perfeito onde tudo se encaixa e responde as nossas perguntas , hoje sem respostas?

Inara

É mágico, minha irmã querida!

Paulo Paiva disse...

Sim,lá fora há vida, e a vida aflora,
Tão forte, tão calma
Que as vezes implora,
Para uma rosa que exala
Seu perfume marcante
Dar-te para que guarde
Mesmo tirando-lhe a vida
Por uma causa nobre
Para que abra com calma
SEU ESPAÇO NA ALMA.