Seguidores

quarta-feira, agosto 02, 2006

FORÇA ESTRANHA



FORÇA ESTRANHA


QUANDO A FORÇA LHE FALTAR,
NÃO SE PREOCUPE E NEM SE AMEDRONTE,
POIS A RESERVA INTERIOR É TÃO GRANDE,
QUE, DEPENDENDO DA CIRCUNSTANCIA,
VEM À TONA INTEIRA E COM TANTA ÂNSIA EM LHE AJUDAR,
QUE SE LANÇA DE DENTRO PARA FORA A ENVOLVÊ-LO,
NUM ABRAÇO PROTETOR, AUTÊNTICO E FORTE...


MESMO QUE MUITAS VEZES SEJA PRECIPITADA,
EQUIVOCADA... DESTEMPERADA... ALUCINADA...
NADA A IMPEDE DE ACONTECER.
E, SEM SE INCOMODAR,
SE COM TANTO,
IRÁ MACHUCÁ-LO,
AO INVÉS DE AJUDÁ-LO,
VEM, CONTUDO, PRA FORA DE VOCÊ,

DISPOSTA ATÉ A GUERREAR.

ÀS VEZES ATÉ SE REPRIME,
SÓ POR UM INSTANTE...
E, QUANDO SEM AÇÃO, FICAMOS,
SURPREENDE-NOS COM SUA DETERMINAÇÃO ESTRANHA...
E DEIXAMO-NOS ENVOLVER,
ANESTESIADOS E TONTOS...

NEM PERCEBEMOS O ESTRAGO,
QUE MUITAS VEZES FAZ ACONTECER...
PONDERAR NÃO É SOLUÇÃO,
VEZ QUE ELA SE JOGARÁ,
DE VOLTA PARA DENTRO DE VOCÊ.
O QUE FAZER?
ENTENDER O QUANTO PODEROSA ELA PODE SER.

2 comentários:

Anônimo disse...

Ysolllldaaaaaaa...magnífico Poema!!!Essa Força Estranha é de uma sensibilidade sem par...e a gravura q escolheu então hummmm poderosíssima,comunhão perfeita...aliás como tudo que vc faz e sente tem uma sintonia peculiar a YSOLDA(simplesmente Ysolda)huahuahuahauhau amei vice!!!!Bravo!!!
SUZANA

Anônimo disse...

O que seria de nós se não houvesse essa força estranha não é mesmo?!!!
As vezes, minha irmã ,é como voce diz: ficamos tontos e nem nos apercebemos quando chega ., algo forte intepestuoso Glorioso que nos toma. Ao mesmo tempo, nos afaga e conforta. Sem "Ela" nada com "Ela"tudo. Nosso Sol volta a brilhar e ´agente a sorrir.

Inara