Seguidores

sexta-feira, abril 13, 2007

SOU CANSAÇO


SOU CANSAÇO


Hoje estou tão cansada,
Que me dói tudo,
Até a alma!

As pernas estão fracas...
As costelas, como que quebradas,
Avisa à coluna que não se mexa...
E fique quieta.

As mãos, como se calejadas, não sentem nada.
A cabeça a zombar de mim,
Procura me ferir,
Com lembranças tristes...
Isto é mesmo o fim!

Então o coração reage e diz:
Sai daí que eu ainda estou aqui!
Bato forte e filtro o vinho da vida
Com muita rapidez,
E logo o envio para todos os cantos,
E faço tua cabeça,
Acordar para o sonho...
Mais uma vez.
Queres ver?

6 comentários:

Anônimo disse...

O amor é um mito que examina e controla o coração

Cristina

Anônimo disse...

que massaaa ysoldinhhaaa!!
linduu
poxa...
tb fico assim as vezes....
=/
=*******lindona!
Jana

Anônimo disse...

Zoldinha você é um talento que foi descoberto há tempo,
em contraposição aos que viveram e não tiveram esta felicidade,
claro: sua e nossa!!!
Musa

Anônimo disse...

Essa poesia foi feita especialmente para mim, pois ha dias em que me sinto do jeitinho que voce descreveu, mas nesses dias meu coracao nao reage nao, fico abatidinha mesmo, ha, ha, ha. Mas depois passa e eu comeco tudo de novo.
Como sempre, gostei muito do poema.
Saudade - Nadir

Anônimo disse...

Gostei muito desta sua poesia. Muito boa.
Leda

Anônimo disse...

oieeeee!!
...lindo, eu adoro tudo o que vc escreve viu!! me identifico...gosto de verdade...brigada por lembrar de mim!
bjinho....
e o danadinho insiste em bater!! tutuqui...tutuqui...tutuqui...
Valéria