Seguidores

domingo, abril 15, 2007

SEM SEGREDOS


SEM SEGREDOS


Sem segredos escrevo.
É como falar, sorrir, cantar, dançar e sonhar...
Se estou contente, que é o meu normal,
Escrevo leve e solta.
Se estou chateada, escrevo besteira,
E logo me sinto inteira.

Para mim, não tem conversa.
Idade, credo, argumento...
Que me faça ser diferente
Daquilo que sou.

Sou um dia de cada vez.
Sou sol que aquece no frio.
Sou frio quando o tempo está quente,
E sou uma fera quando alguém mente.

Sou até mar...
Às vezes bravo,
Às vezes calmo,
Às vezes lindo,
Às vezes feio,
E, às vezes muito cheio...

Sou até como o vento,
Sem contar os seus segredos.
E por todos os lugares aonde vou,
Só levo alegria e frescor...
Pois sou tão cheia de amor,
Que não sinto ódio, mágoa ou rancor.
E assim... Eu sou.

7 comentários:

Anônimo disse...

Ysoldinha.
Poesia encantada.
Hoje mandamos nossas obras ao mesmo tempo sem combinar!
[hehehehehehehe]
Sintonia Poetica.
Que poesia linda.
Essa foi em parceria com a Liberdade.
Amei ela como sempre.
Boa Noite.
Obrigado!
Beijosssssssssssssssssssssssssssssssss.
Ass: Cara de Tatu que ama Tu.

Anônimo disse...

Da para perceber que voce e uma pessoa muito de alto astral. Seu marido e sua filha sao sortudos de ter voce por perto, e eu de ter voce como amiga. Voce e capaz de acabar com qualquer dissabor. Continue assim, Ysolda, sempre alegre e feliz.
Beijos - Nadir

Anônimo disse...

Fico admirada como voce tem cabeca para compor todas essas poesias. Uma diferente da outra, sem repeticao. Seu vocabulario e muito extenso e sua vida cheia de candura para escrever todas essas coisas lindas.
Parabens, Ysolda.
Beijos - Nadir

Anônimo disse...

Parabéns pelos teus belos poemas. Puxa, a produção vai a todo vapor, hein? Haja inspiração! Parabéns, querida! Uma bela segunda-feira para ti, com os meus melhores beijos
José Pimentel

Anônimo disse...

é verdadee ysoldinha!!
vc escrevi coisas do seu coraçao
por isso
é lindddooooooooooooo!!
=D
=*******************************
e adoro!
Jana

Anônimo disse...

Espontânea ou já tão curtida que nasce fácil... sou assim, vou falando, já vira poesia...acho vc pro alto, sim...e gauche, esse jeito na contramão, Adélia prado também assume... e antes, o Drummond...vê que linhagem?

Irene

atitudes valem mais que palavras disse...

Parabens, poeta do amor
gosto muito de suas poesias, elas expressam sentimentos, carinho, saudades...
voce realmente sabe como agradar a todos com seu jeitinho muito ESPECIAL
ESTOU ESPERANDO A PUBLICACAO DO SEU LIVRO...
BEIJOS LINDA AMIGA YSOLDA
FATIMA LEITE - USA