Seguidores

domingo, janeiro 24, 2010

CORAÇÃO DE TOURO


CORAÇÃO DE TOURO
De: Ysolda Cabral


Como um coração como o teu,
Malandro, saltimbanco ágil...
Ficou apenas na morada
Que o destino escolheu?

Consideras as travessuras,
Das brincadeiras inventadas na poesia,
Suficientes para achar que tua vida valeu?

Ora, meu amigo, deixa disso!
Não sabes que a pontada no peito do “touro”
Foi apenas um aviso tolo?

O amor há muito estava ali!
Pois ali era o seu lugar.
Mesmo morto e enterrado,
Por que o fostes acordar?


*****


PS. Inspirado no belíssimo poema " Para Ela" do nobre escritor recantista Paullino Vergetti Neto.

*****

Publicado no Recanto das Letras em 24/01/2010Código do texto: T2047952

Nenhum comentário: