Seguidores

quarta-feira, janeiro 20, 2010

TEMPO SORRATEIRO

TEMPO SORRATEIRO
De:Ysolda Cabral



Aos vinte e poucos anos,
Sua vida é mesmo um sonho.
A paixão lhe faz bonita,
Tudo lhe entusiasma e motiva.

As tristezas logo passam,
E, como num passe de mágica,
As decepções são superadas,
E os objetivos se firmam.

O Tempo passa sorrateiro...
Impotente você constata,
Os enganos cometidos.

Aí não há reza que dê jeito,
Não adianta desespero,
O que está feito está feito.


Publicado no Recanto das Letras em 20/01/2010
Código do texto: T2041024

2 comentários:

Iracema Braga disse...

Ysolda querida, você tem razão, lendo sua poesia Tempo Sorrateiro, faço uma retrospectiva: parece que foi ontem ... eu tinha 20 anos e quanta coisa aconteceu... sonhei, amei muito, tive filhos, fiz planos, aconteceu ou não, errei, acertei.. estou aqui, continuo amandando e ainda tenho muitos sonhos a realizar lindamente. Beijos.
Cema

Flavia Batista disse...

Minha Linda, sabe que em meu coração ainda tenho vinte e poucos anos, para mim ele nunca envelhecerá, estará sempre alegre e pronto para todos os percalços e alegrias da vida.
Adoro Você!!! Parabéns e Aplausos!!!
Sua Afilhada, Flavia Angelini.