Seguidores

sexta-feira, março 07, 2008

O GRANDE ENCONTRO


O GRANDE ENCONTRO
De: Ysolda Cabral


Quando o meu humor está
"Assim... Assim..."
Se o deixo ficar,
Ele acaba comigo.
Então, não consinto!
Mando-lhe bem rápido
Para longe de mim.

Não tenho cultura,
Não sou intelectual,
Não sou fenomenal...
Penso até que nem sou real!
Nesses momentos olho para mim,
Através do meu cérebro
E percebo que ele é muito sério.

Fico assustada e lhe digo:
Fica na tua e deixa que meu coração me cuida.
Aí sinto o coração acelerar,
Como se quisesse dizer: não começa a abusar
Estou ficando velho para te carregar...

Será que meu coração enlouqueceu,
Ou eu estou a sonhar?
Ele não me carrega.
Eu que vivo a lhe carregar!
Sem muito cuidado, é verdade.
Mas, agüento os seus trancos,
Os seus encantos e desencantos
Sem muito reclamar.

Tudo está ficando meio virado
Meu coração se acabando,
Eu não me achando,
O cérebro triste a reclamar,
Recusa-se a funcionar.
O que acontecerá quando os três
Resolverem se encontrar?


Nenhum comentário: