Seguidores

sábado, março 01, 2008

NO ESPAÇO SIDERAL


NO ESPAÇO SIDERAL
De: Ysolda Cabral

Bum!!!!!
E assim mandei tudo de mim para o espaço.
Será que lá haverá lugar para algum pedaço ficar?
E se tudo voltar?
Poderá cair em qualquer lugar
Espalhado, desencontrado, arrebentado...

Gravidade e atração fatalmente se encontrarão
E todos os pedaços se juntarão.

Formarão uma nova pessoa, coisa, ou algo inexplicável?
Não sei não...
Talvez o coração lá encontrasse algum lugar para tranqüilo repousar
Mesmo que seu bater não precisasse acontecer...
Mas o que viesse de volta,
Como poderia viver?

Então que ficasse por lá as lembranças tristes,
Os projetos nunca realizados,
Os lamentos e todos os ais nunca gritados.
O sofrimento que nos faz morrer um pouco a cada momento
Se diluísse em total esquecimento no primeiro buraco negro que encontrasse.

Que a alegria, com muita força e energia, voltasse.
A esperança, trazendo um novo e lindo dia.
Que a fala não fosse apenas para ser ouvida,
Lida e sim sentida em toda sua força e plenitude.
E, quando alguém lhe dissesse: amo você
Fosse realmente verdade e
possível de acontecer
Com toda pureza e totalmente lhe completasse.

Um comentário:

Anônimo disse...

Bellissimo!
Como é gracioso o vosso dom!
És uma estrela!

Padre Angelo ( amigo virtual )