Seguidores

terça-feira, agosto 11, 2009

DO MEU "SIDARTA"




Recebi a poesia, abaixo, do querido amigo Cyla Dalma, o meu " Sidarta". Resolvi dividir este presente com vocês.

QUEM SOU
De: Cyla Dalma


Não sei como,
Acordei...

Ao meu redor,
Um mundo surgiu.

Tomei consciência
E me vi lá do alto
E eu era uma criança

Logo a seguir,
Em um passe de mágica,
Incorporei-me a mim mesmo.

Vivi...
Andei...

Hoje...
Eu ainda me procuro

De onde venho?
Por que andei por esses caminhos?
E ainda o que virá?

E depois...
Apagarei?

**********

Ysolda Cabral
Publicado no Recanto das Letras em 11/08/2009
Código do texto: T1748563

Nenhum comentário: