Seguidores

terça-feira, novembro 24, 2009

DIA QUE PARECE OUTRO




DIA QUE PARECE OUTRO
De: Ysolda Cabral


Amanheceu lindo...
Disposta e sorrindo acordei,
Respirei com gosto o cheiro da manhã
E foi assim que hoje me levantei.

Alonguei, rezei e de repente chorei,
Chorei por lembrar o tempo de menina,
Quando a vida me esperava,
Não havia urgência pra nada,
Assim era o que eu pensava.

Não tinha que engolir sapos...
Não tinha que colar pedaços,
E, o compasso do dia,
Quem ditava era eu.

Agora tudo parece distante,
O tempo carregou no horizonte,
O sol nasceu, desapareceu,
E o dia me parece bem diferente,
Daquele que hoje nasceu.


Publicado no Recanto das Letras em 24/11/2009
Código do texto: T1941286

Nenhum comentário: