Seguidores

segunda-feira, fevereiro 09, 2009

TABULEIRO DA ALMA


TABULEIRO DA ALMA
De: Ysolda Cabral


Muda o humor,
Por culpa da dor.
Muda o aspecto,
Por culpa do tempo.
Só a essência não muda,
Por ser única.

Resultado:
Conflito instalado,
Amor perdido.
Esperança, e,
Sonho desfeito,
Não há quem dê jeito.

Apego as lembranças,
Saudade no peito
De um infinito desejo,
Jogado no tabuleiro da alma.

Com peças quebradas,
Partidas dos dois lados,
O repasse é ligeiro;
Jogo acabado.


**********


Publicada também no Recanto das Letras


Um comentário:

ysoldacabral disse...

Comentários

10/02/2009 05h29 - Tildé
Bom dia Ysolda! Gostei muito do seu perfil, da forma da sua criação e da montagem do seu Tabuleiro da Alma. Obrigado pela sua generosa visita! Beijos e felicidades.

10/02/2009 00h51 - José Salvador
O amor também é estratégico....beijos...

10/02/2009 00h30 - Jeronimo Madureira
Às vezes por uma bobagem põe-se tudo a perder! Parabéns, poetisa! Bj!

10/02/2009 00h04 - Betinamarcondes
Menina você escreveu pra mim... bastou um pequeno conflito....pra quem se diga grande amor escorregar... á controvérsias....bjus betina...venha