Seguidores

quinta-feira, abril 17, 2008

SEI QUE SOU



SEI QUE SOU
De: Ysolda Cabral


Se eu fosse escultora
Não queria trabalhar com argila
Nem com nenhuma matéria prima
Que não fosse colhida
De dentro de minha alma
Quando ela está sentida.


Se eu pintasse um quadro
Queria que sua tinta escorresse
Para que os meus melhores sentimentos
Nele não ficasse e assim
Pelo mundo se espalhasse.


Se eu fosse um pássaro
Jamais voaria baixo
A não ser quando tivesse fome
Então mergulharia num vôo rasante
Para aplacar, inclusive, minha sede
Que chega a ser dissonante.


Ah! Se eu fosse o Sol
Estaria sempre entre o Nascer
E o seu Pôr...
Sem me opor a nenhum estado
Que ele quisesse permanecer.


E se eu fosse a Lua
Ficaria sempre a disposição
Dos poetas e dos enamorados
Para que esses me dedicassem
Sempre lindas homenagens.


Mas, como nada disso sou
E nem mesmo sei quem sou
Vou continuar pensando ser
Apenas Ysolda.

4 comentários:

Amor incondicional disse...

Querida amiga!
Que maravilha!!
E que voce continue a ser apenas Ysolda
Bom final de semana a todos

Anônimo disse...

Minha amiga, lindo o seu poema, explicitando de forma bem clara e precisa o que sai de dentro de ti, na sua leveza d'alma. Vc é tudo isto, compondo um corpo acasalado a alma no conjunto todo. Foste tudo isto um dia, puramente fluido vital, mineral, pedra, planta, animal, e hoje um ser. E tudo isto composto pela sabedoria Divina no seu real e infinito amor... por isto és a razão de tudo, de uma existência onde se resume no amor que é a chave mestra do ir e do vir complementar. Ontem foste início, hoje compreendes a caminhada amanhã terás o fim da vitoria conclusiva a tua jornada em retorno a tua eterna morada....
Tenha uma Bela noite
Muita Paz!
Livinha

Anônimo disse...

Ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii
Muito linda, sua poesia...Maravilhosa, senti como se estivesse vivendo cada frase.

Parabens!!

Beijossssssssss
Luciene

Anônimo disse...

LINDO DE VIVER COM O SOL OU A LUA TUDO NELE ENCANTA E FASCINA...ASSIM COMO A VIDA . E A VIDA QUE ESTÁ DENTRO DE CADA UM DE NÓS .QUE QUANDO NAO ESCREVEMOS VEMOS NOS VERSOS , NESTES VERSOS, QUE NAO SABEMOS OU NAO CABEMOS EM NOSSA ALMA. E O QUE SERIA DE NÓS SE NÃO FOSSE ESSA ESSENCIA MARAVILHOSA ONDE SE EXPOE O QUE DEUS NOS DEU AO NOSSOS OLHOS E AO"NOSSO" DOM DE ESCREVER E PODER . E SENTIR QUEM LER DE QUEM NAO SABE FAZER!

Inara