Seguidores

terça-feira, agosto 26, 2008

CHAMA DO AMOR



CHAMA DO AMOR
De: Ysolda Cabral


Com a chama do amor
Sobrevivo
Calo o grito
Sufoco a dor

Com a chama do amor
Fico leve
Sou alegre
Mesmo que de maneira breve

Com a chama do amor
Amanheço
Anoiteço
Envelheço

Sem a chama do amor
Não existe poema
Não existe canção
Pára o meu coração

Sem a chama do amor
Não sei quem sou
Não sei onde estou
Não sei para onde vou

Sem a chama do amor
Desapareço
Entristeço
Morro de solidão e de dor

Nenhum comentário: