Seguidores

quarta-feira, agosto 20, 2008

SOU PESADELO



SOU PESADELO
De: Ysolda Cabral


Acho que sou diferente
Da maioria de toda gente
Eu afirmo e sou honesta
Não há controvérsia

Destituída de inveja
Vaidade e ambição
Sou mesmo uma coisa séria
E adoro andar na contramão

Se alguém diz:
Não vá por aí que não convém
É exatamente por aonde vou
E sempre me dou bem

Não adianta me analisar
Pois as conclusões que chegar
Vai querer modificar
Por nelas não acreditar

Tristes dissabores Isso lhe trará
Por que se for de boa índole
Se retratar é o mínimo
Que você irá fazer esse menino

Eu vou perdoar
Pois não guardo mágoa
E nem rancor
Eu sou mesmo um amor

Mamãe dizia: é sem-vergonhice!
- coisas de mãe -
Eu lhe respondia: ô mamãe, deixe disso!

Mesmo assim
Pouca gente gosta de mim
É que sempre falo a verdade
Na cara e sem rodeio
Tornando a vida das pessoas
Um verdadeiro pesadelo.

2 comentários:

Livinha disse...

Precisa, dinâmica, teimosa, opiniosa, dura na queda... És espontânea, em tua naturalidade e singeleza, por isto que tem demais
ser verdadeira?
Mudar? não, a verdade é como água pura e cristalina, que se deixa visualizar em toda a sua profundidade, fazendo de ti, ser que facina em sua total e plena
veracidade....
e, além do mais..... hummm deixa ver se eu me lembro....rss
És uma Pernambucana porreta, que tras no sangue o "vamos ver", vinda de lá de caruaru e pra quem desafiar, acaba mandando....
deixa pra lá né minha amiga... hahaha
Perdoe-me, mas não consegui me conter...
De coração e admiração profunda
escrevo abaixo a sentença:
Eu adoro você!
bjsss

Anônimo disse...

Entao não ha dúvidas mesmo que somos irmãs! Talvez fique um pouco a desejar porque as vezes nao consigo ser assim como voce ... Mas em uma coisa tenho certeza: que poucos são os que realmente gostam de mim !´´E triste, mas vamos vivendo e convivendo com isso.! Fazer o que! Ne não!
Inára