Seguidores

terça-feira, agosto 19, 2008

MINHA CARA



Minha Cara
De: Ysolda Cabral

Pincel, tinta e tela
Olhando bem o trabalho
Constato que no retrato
É mesmo a minha cara

Nela vejo o amor
Que o pintor sente pela arte
Caso contrário não conseguiria
Fazer-me tão bela
Como estou nessa tela

Tantas flores...
Tantas uvas...
Numa linda efusão de cores
Fixando bem o olhar
Sinto até o cheiro e o gosto

Fico a refletir;
Um dia fui assim...
E hoje - que chegou tão rápido –
Concluo que,
Ah! Estou é muito melhor
Do que estava aí. (Rsrs)

Um comentário:

Anônimo disse...

Até nisso , estamos vivendo o mesmo momento ! É exatamente isso que tambem vejo aqui e agora! Um momento perdido no olhar , um ingenuidade peculiar imatura e acreditando que todos seriam verdadeiros e belos! Que ilusao!!
Só restam mesmo as flores então!
UM BEIJO

Inara