Seguidores

segunda-feira, janeiro 26, 2009

FATOS QUE A VIDA CONTA

FATOS QUE A VIDA CONTA
De: Ysolda Cabral

O que leva uma pessoa independente de qualquer fator se sentir atraída por outra que não conhece e nunca viu?

Pois muito bem; ontem, domingo, o dia estava extraordinariamente lindo. Muito sol, praia com muita gente bonita, mar azul de água transparente. Um dia perfeito para a caminhada e um bom mergulho. Resolvi caminhar com Ely Cabral, uma prima do coração linda, a qual viera do Ceará passar o final de semana comigo.

Estudante de Educação Física e atenta à saúde e ao bem-estar de todos, Ely caminhava me dando broncas homéricas relativas à minha alimentação, principalmente, pelo fato de ter descoberto que não bebo água, suco, leite, café e nem chá. Só coca-cola, até mesmo para tomar remédio.

Eu ria, tentando mudar de assunto e ela insistia... Ô menina insistente meu Deus!

– Sei que é por gostar de mim.
- Tudo bem, viu Ely!

De repente, entre um mundo de gente, surgiu uma garotinha de três anos. Veio direto até mim, segurou minha mão e me puxou para o mar. Fiquei sem saber o que fazer e procurei sua mãe. De longe acenou um rapaz dizendo ser o pai da menina e rindo deixou ao meu critério a decisão de ir ou não com sua filha para o mar.

Não pensei duas vezes e toda contente da vida entreguei o óculos de sol e a viseira à Ely e fui "mergulhar" com minha amiguinha. Como o mar estava começando a encher, segurei-a no colo e encaramos a onda numa boa. Ela olhava para mim, olhava para o mar feliz e encantada. E, evidentemente, o sentimento era recíproco. Contudo teria que ter final...

Nossa separação foi complicada. Ela queria vir comigo e o pai teve que se esforçar para distraí-la. Já um pouco distante me voltei para saber o nome dela e ele respondeu: Eva.

Retornei à caminhada e minha "priminha,”, mas que depressa, voltou a "carga" total. Entretanto, eu já não a escutava. Em completo estado de graça, conjecturava se um dia voltaria a ver ou ter notícias da pequena Eva.

Os mistérios da vida, quem vai lá saber?!

Um comentário:

Anônimo disse...

Ainnnnnnnn,que coisa mais linda priminha vc é a melhor escritora de crônicas do mundo,um dia ainda vou ver assim:YSOLDA CABRAL a melhor escritora de poemas e crônicas com uma voz belissima e um agudo perfeito ela é completa...
Sim quanto a pequena EVA acho q são encontros q a vida nos permite ter,lembro-me quando encontrei vc aqui no orkut,era como se eu já estivesse conhecido vc,senti algo diferente e olhe q nunca add ninguém mais com vc fui logo pedinfo pra ser minha prima, viu como eu já te amava e ñ sabia? mesmo assim foi oq sentiu com a pequena EVA.As vezes sinto vontade de cuidar de vc bb,e ainda mais quando vi como se alimenta,aiaiaia dá proxima vez te colocarei de castigo vai ser o jeito kkkkkkkk ...

PARABÉN MULHER VENCEDORA DAS LIÇÕES Q A VIDA LHE PROPOIM...

EU TE AMO MUITO MAIS Q TU..