Seguidores

terça-feira, outubro 21, 2008

ANJO E JARDIM SOBRE A MESA



ANJO E JARDIM SOBRE A MESA
De: Ysolda Cabral


As delicadas flores são amarelas e brancas.
Nem precisam de água e nem de nada...
A luz que ilumina e também faz sombra,
Apesar de vir de cima, não aquece e nem é santa.

Há um anjo de guarda
Que não guarda nada,
Sentado à sombra das flores
Olhando para mim,
Meio assim, assim...

Suas roupas de verde cetim,
Confundem-se com o verde das folhas,
Das flores, sobre um canto da minha mesa de trabalho,
Transformado num hipotético e lindo jardim.

Deixando o imaginário de lado
E olhando meu “jardim” com o coração,
Solitário de sonho e de ilusão,
Dou-me por feliz e satisfeita.

Pois só de olhar pra ele,
Vôo alto e nem vou pra minha terra...
E, como não sou amiga de rei
E nem sou nada,

Só uma louca e pretensa poetisa,
Também não vou pra “Pasárgada".

Vôo rumo a um lugar
Onde a tristeza não aja.
E se agir é logo neutralizada,
Banida, extinta de forma
Rápida e adequada.

Nesse lugar serei da alegria
A mais feliz rainha
Com ou sem meu rei.


*************

Hoje, 21/10/2008 - Dia do Poeta?
E não é todo dia, não? :)

PS. Foto: Jornalista Dilma Moura.

5 comentários:

Anônimo disse...

PRIMINHA: Você é um jardim que florece a todo instante,é luz quando meus dias se parecem escuro,então vc é como as flores branca e amarela,ñ precisa dizer para q venha ilumina nossos caminhos quando escuro se encontram....

PARABÉNS FLOZINHA LINDA.ELI

Clóvis Campêlo disse...

Sobre a mesa, colocamos tudo: a verdade, a mentira, as ilusões, o futuro, os sonhos.
O poeta é tão fingidor, que finge que é dor o que verdadeiramente não sente.
Os anjos da guarda ilustram o cenário bucólico.

Anônimo disse...

Isso é para quem pode ... ser todo dia... minha nossa qt inspiraçao
brota ao montes... não é pra qq um nao. Lindo o arranjo com a linda menina a olhar 'prescuntar': onde estou... e "num é que estou",com olhar dirigido , definido.!

Felizes são os poetas. !!!

Inara

Anônimo disse...

Jardins, jardins, floridos corações
Essências e eflúvios tal qual orações; deixemos vagar nossa alma nesse doce mistério de cores e perfumes, iluminada pelos pirilampos ou ditos vagalumes.

Amei demais, Ysolda

Parabéns!

Anônimo disse...

Jardins, jardins, floridos corações
Essências e eflúvios tal qual orações; deixemos vagar nossa alma nesse doce mistério de cores e perfumes, iluminada pelos pirilampos ou ditos vagalumes.

Amei demais, Ysolda

Parabéns!

Mírian Warttusch
Compositora e escritora