Seguidores

quinta-feira, junho 11, 2009

ANGUSTIADA


ANGUSTIADA
De: Ysolda Cabral


Tento e não consigo
Destruir as fotografias
Que guardei na memória
Mesmo agora!

Já aquelas músicas
Escutei até enjoar e joguei fora,
Mas guardei uma cópia
-Que droga!

Estou a "trinta mil pés"
A procura de silêncio e calma
E só escuto o protesto de minha alma
Dizendo-me pra deixar de ser burlesca
E voltar já pra minha casa

Não escuto e continuo com força e garra
Talvez eu chegue a outra Galáxia
Aí deixo por lá, pelo menos a saudade,
E de lá eu volto menos angustiada...

*********

Nenhum comentário: