Seguidores

sábado, junho 27, 2009

EU & ELA




EU & ELA
De: Ysolda Cabral


Andava angustiada,
Sem conseguir dormir direito.
É que a tristeza me rondava.

Lutava contra ela,
E em todos os rounds
A vantagem era dela.

Situação desvantajosa e esquisita.
Procurava o Treinador... E, nada.

Tentava me refazer dos baques,
Levantava e partia pra cima,
Rapidamente ela me derrubava.

Agora estou atordoada,
Não sei se ainda luto,
Ou se acabei com tudo.

É madrugada...


***********

Um comentário:

Livinha disse...

Olá minha amiga, bem?
O bom filho, sempre a casa
do pai retorna, embora eu não saiba se o pai seja tão bom quanto eu filha rsrss
Não fique brava, brinco pra relaxar...
A casa é boa demais da conta, mas a gente se enrosca, vive meio que a toa e as ideias se emaraiam de tal forma que apaga tudo, é batata!
Olha, os vento sopram sem direção
precisa, dias que chegam da esquerda pra direita, outro diretia pra esquerda, se debaixo pra cima, levanta as saias das meninas, se de cima pra baixo, eu de medo, me esburracho...
Então assim somos nós, um dia de ânimo, outro desanimo ou meio que louco, os dois...
Portanto de digo, que a luta é constante, mas aceite um conselho, ainda que o sol te pareça favorável,
forte, prometedor e preciso, saia de casa armada, leve o guarda chuva...

Bjss
Meu carinho, sempre!!