Seguidores

terça-feira, outubro 13, 2009

SOU CRIANÇA


SOU CRIANÇA
De: Ysolda Cabral


Por birra,
Por implicância,
Por teimosia,
Ou por sabedoria;
Hoje continuo criança.

Brincando sem parar,
Mas se preciso for brigo e abomino
Quem de mim se aproximar,
Se tiver o intuito de me azucrinar.

Hoje posso tudo...
Sou criança!

E se alguém achar ruim,
Duvidar ou reclamar;
Vou fazer careta,
E faço até outras besteiras...

É bom não provocar!

Estou cheia de ser adulta
Ô coisinha chata, me Deus!
Não acho graça nenhuma.

Portanto está decidido.
E que ninguém fale comigo,
Se não for pra concordar.

**********

Publicado no Recanto das Letras em 13/10/2009
Código do texto: T1863811

Nenhum comentário: