Seguidores

sábado, outubro 31, 2009

ALMA AGONIADA



ALMA AGONIADA
De: Ysolda Cabral


O que quer a minha alma...
Paro, reflito e pressinto que,
Ela não quer nada.

Talvez parar de sonhar,
E partir pra longe de mim,
Mesmo sem saber pra onde ir.

O que quer a minha alma...
Parar de alguma forma,
Para de fato existir...
Sem tanto resistir.

Ah! Que alma mais complicada,
Não se aquieta e nem se acalma!
Por que ficar assim,
Se tudo um dia chega ao fim?

Nenhum comentário: