Seguidores

terça-feira, maio 06, 2008

ENTARDECEU




ENTARDECEU
De: Ysolda Cabral

Quem disse que na vida não há morte?
E quem garante que na morte não há vida?
A primeira é fácil de saber
Já na outra, quem vai querer?

Ressuscitar da morte na vida
Já é uma constante
E muito interessante
Já na morte...
Creio que só Jesus!
Se houve outro
Vá, me conte!

Sei a história de Lázaro
Entretanto foi obra do Cristo
E não mérito do distinto
Logo, não conta.

Viemos de onde?
Da terra
Do céu
Do mar...

Alguma razão nos trouxe
Para aqui estar
Mesmo que por pouco
E, isso é muito louco...

E se eu não fosse eu
Seria qualquer Um?
E este Um saberia que sou Eu?

Acho que estou divagando
Ou será que estou delirando?
Sinto que não sou mais eu
É que entardeceu
Afinal o que aconteceu ?

4 comentários:

Livinha disse...

Quanta indagação.....
Há mais mistério entre o céu e a terra do que sonha nossa vã filosofia....
Nao tente entender, é tudo muito complexo, mas creia nada é por acaso, e tudo aquilo que nosso Pai supremo e criador, nos ofertou como inventário, nesse viver explendido, lindo e infitamento dignificante para nós seus filhos... Somos ainda tão pequenos em nosso entendimento, que o muito que Deus já nos proporcionou como resposta ainda é pouco na obscuridade de nossa alma....
Viva... viva sempre, aqui ou acolá, no inimaginável, pois que um belo dia vc saberá... e não importa onde estará, se aqui ou mais além....
Deus é perfeito, nós é que somos terríveis, rebeldes e descrentes...
Perfeito o seu poema... é como a nossa maravilhosa escritora Cecília Meireles escreveu um certo poema.... É isto ou Aquilo... viu? na verdade nunca deixará de ser....
Bjs minha querida... Gosto muito de você...
Livinha

ysoldacabral disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ysoldacabral disse...

Pois não é, Livinha!

Parece quanto mais velha, menina vou ficando, não é máximo?!!! - Cheia de dúvidas, de questionamentos e paixão pela VIDA...
Beijossssss


PS. Estou com saudades de nossas "arengas"... Tá bom de cessarmos a trégua, você não acha? :)

Livinha disse...

Eu não sei se aqui é o lugar certo para responder a sua pergunta, mas tenho que responde-la não é mesmo, afinal ela está aí, direcionada....
Nossa arenga, é engraçado, vez que trata-se de um jogo saudável e feliz, onde podemos fazer nossas pequenas trocas, inocentes e sem maldade....
Não vou encerrar nada com vc, pelo contrário, vc me aguarde que estou me refazendo e logo Livinha atacará outra vez... Deixe que elas aconteçam naturalmente. Ysolda tenho um carinho enorme por você minha amiga e independente de arengas ou não, eu te respeito e admiro muito. Desejo-te muita felicidade do fundo de meu coração, como tudo o que puder desejar a mim mesma... Vc faz a diferença irmã....
Bjs