Seguidores

quinta-feira, maio 08, 2008

TEMPO DOBRADO




TEMPO DOBRADO
De: Ysolda Cabral


Quando em devaneio você se perde
Fica difícil ao caminho retornar
Não se preocupe e nem se desespere
Aproveite e se entregue
Isto é normal...Acontece!

A realidade às vezes é tão dura
O que custa você se perder um pouco
Mesmo que esse pouco seja meio louco?
Entretanto, é prudente considerar
Se a quimera vale a pena se entregar...

A entrega às vezes lhe sucumbe
Deixa-lhe tão dependente
Que você perde o rumo e o prumo
Bom mesmo é não sonhar
E viver cada momento como único...

Único e eterno
Vivido ternamente
No seu espaço cético
Fazendo seu infinito
Deixar de ser relativo.

Assim você se basta
E tudo que lhe rodeia é místico
E a beleza das coisas
Torna-se sua maior aliada
Deixando tudo de antes, para depois
Modificado por um tempo lindo
Que foi vivido e que passa a ser dois.


2 comentários:

Amor incondicional disse...

Ahhh,que coisa boa estar aqui e sentir a presença de Deus
beijos

Anônimo disse...

Que momento mágico! Voce se superou. Em estado de completa
extase na plenetude da mais profunada e profissional construçao da poesia!!!!!
MARAVILHOSOOOOOOOOOOOOOO

bjs
Inara