Seguidores

sábado, maio 31, 2008

EU E ELA




EU E ELA
De: Ysolda Cabral



No escuro da noite
Que começa a clarear
O SILÊNCIO fica cúmplice
Lembrando o da minha meninice
Quando me escondia
Para ninguém me chatear...


As idéias se confundem
Paro até de respirar
Igual quando pensava ser feliz
Só por lhe AMAR...


O TEMPO passou
Como se fosse um amante
Que ama, faz sonhar
E logo vai embora
Deixando a amada
Com sentimento de culpa
Só e a chorar...

Olho o Céu
Não vejo sol e nem vejo a lua
E na rua a SOLIDÃO é profunda
Será que “Ele”
Não vai voltar?

Que amante e esse
O qual vai embora
Deixando sua amada triste
Esperando uma volta
Que nunca acontecerá?


Ah! Que DESATINO tão grande
Faz a ALMA querer morrer
Para nunca mais viver?
Com certeza
Um impiedoso assassino
Disso não tenho dúvida
Esse menino...

Ela é sempre jovem
Não envelhece e não morre
E mesmo numa parceria
Tão desigual
Ela de mim não vai desistir
E eu dela...

JAMAIS!

9 comentários:

Anônimo disse...

Belissima poesia,ja nos ajuda e muito a harmonizar a alma,embora este seja um trabalho diário e constante.......Beijo querida.Paz e Lz sempre em seus caminhos.

Martha

Anônimo disse...

Estou é ficando em harmonia com minha alma... feliz.... feliz...
bjsss

julia Telles

Anônimo disse...

LINDA,LInDA, LINDA.
GIL FRANÇA

Anônimo disse...

Seu poema está puraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa MÁGICA!!!!!!!!
Eita minina retada!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Amo tu, Rubi, Diamante, Brilhante,
nãoooooooooooooooooo
ESMERALDA !!!!!

A Cabral

Anônimo disse...

Reli seu poema lindo!
bjokas
Cristina Sauer

Anônimo disse...

MUIIIIIIIIITO LINDA.....
TODAS BELAS PEROLAS,E O LIVRO???
AGUARDO COM ANSIEDADE
BJUSSSSSSSSSSSSSS
FÁTIMA FREIRE

Anônimo disse...

Querida! Obrigada pelo conselho. Linda poesia, como sempre, rsss...
Beijos e um ótimo final de semana!
ELIANE

Anônimo disse...

eu e ela...
lindaaaa
Márcia

Anônimo disse...

Puro poema!!!!!

Que maravilha.... nao pode parar por aí e nem "Só" aqui!

Inara