Seguidores

sexta-feira, março 20, 2009

DESPEDIDA ( A PEDIDOS )


DESPEDIDA ( A PEDIDOS )
De: Ysolda Cabral


Não adianta dizer “sou o que sou.”
Um dia você vai entender o que fui pra você.
Sentirá a minha falta mesmo eu estando na sua alma.
E, com certeza, se questionará:
- O que fui fazer...?!

Ela cuidava de mim...
Do jeito dela – eu sei –
E cuidava com todo o amor
Que lhe despertei.

- E o que fiz?!
Educadamente, como um cavalheiro que sou;
Recusei!
Achava que estava certo...

- Será que não errei?
Não sei...

Hoje estou pela metade...
- Ela também!
Cadê as mensagens, as poesias, os dias...?
Os arroubos intempestivos de saudade...?
- Sem eles o que farei?!

Quanto a mim... Ah! Quanto a mim...

Vou chorar ainda mais.
Como chorei ontem, choro agora,
E vou chorar toda hora que lembrar de nós...
Contudo, vou embora...
E, vou agora!

Comigo levo a poesia que você fez pra mim;
Os poucos carinhos e uma profunda saudade
Daquela noite que você pego de surpresa,
Se deixou ser meu apenas com um beijo

E ficou bem perto de você dentro do meu peito.


**********

Publicada tb no Recanto das Letras



Um comentário:

ysoldacabral disse...

Título: DESPEDIDA ( A PEDIDOS )
Autor: Ysolda Cabral


Comentários RL

20/03/2009 22h46 - Maria Socorro Costa
POETISA Bastante intenso este texto ,onde as despedidas, deixam sempre o vazio e as interrogaçôes porque ? Abraços poetisa MSOCORRO

20/03/2009 17h43 - Puetalóide
Lindíssimo Poetisa!!! Sentimentos postos e ditos à mesa. Acho que ninguém melhor que vc saberia dizer assim. Abraços!!!

20/03/2009 13h42 - Lu Genovez
Cristo, que coisa linda isso aqui??!! Nossa!! Beijooooooo

20/03/2009 12h17 - Jeronimo Madureira
Que coisa mais linda, querida poetisa! Muito obrigado pelo prazer que vc nos proporciona! Bj!

20/03/2009 10h25 - Mario Roberto Guimarães
Magnífico, Ysolda, parabéns. Beijos, Mario.

20/03/2009 10h13 - Xilef
Bom dia! Poetisa... maravilha de texto poético. Momentos vividos, seja na vida ou na poesia, são sempre inesquecíveis... parabéns pela bela inspiração. Grande abraço.

20/03/2009 09h57 - Silvia Regina Costa Lima
aLO poeta ********************** como vai, menina?**** bom dia***sensível poema parecendo o retrato de muitos relacionamentos e coisa e tal.. perder primeiro para valorizar depois.. que pena... *** Um beijo azul com saudades

20/03/2009 09h52 - mulherfeliz
Belo, romantico, muito lindo teu texto.Abçs.