Seguidores

segunda-feira, março 30, 2009

"EU VOU TE SUBORNAR COM MEU AMOR"



" EU VOU TE SUBORNAR COM MEU AMOR"
De: Ysolda Cabral

Mãe de adolescente sofre!Eu estava ontem a noite às voltas com um trabalho de Economia, quando minha filha me pediu que a levasse em determinado local, aonde aconteceria uma apresentação de uma banda musical, pela qual ela tem um interesse todo especial. O “gato”, que faz o vocal, é seu namorado. O garoto é um encanto e gosta de poesia também. Já compôs até uma música para ela, a qual morro dizendo que é horrorosa – ela bola de rir e diz “ô mamãe nem sabia que você era tão ciumenta!" – E nem eu... (Rrrs)

Bom, fiquei meio contrariada de ter que sair naquela hora, pois com certeza aquela interrupção tiraria minha concentração e quando eu voltasse teria que começar tudo novamente. Mas, fazer o quê?! Então lá fui eu e do jeito que estava – descalça, de short e camiseta.

Pegamos o elevador e chegando ao térreo, o porteiro olhou para nós com uma cara bem estranha...
Eu, toda encantada com minha filha a caminhar na minha frente, em direção a garagem, foi quando compreendi a cara do porteiro e caí na risada – adoro rir e rio de tudo, principalmente de mim. É que formávamos uma dupla bem interessante; ela toda pronta e arrumada, em cima de altíssimos saltos e eu... Bem, eu estava com o meu cabelo bem maneiro, afinal Mirtes deu um “grau” bem legal no sábado... E, muita gente gostou...!
Minha filha, sem entender nada, me perguntou por que eu estava rindo tanto e eu lhe respondi que, ela havia passado horas se arrumando e era eu quem o povo ( leia-se o porteiro ) estava achando bonita. Ela sorriu balançando a cabeça, me deu língua e lá fomos nós. - Antes, fomos buscar uma amiga dela.

Logo em seguida, coloquei um CD e comecei a cantar e a dançar esquecendo completamente que não estava só. - Eu adoro música e só dirijo com o som em toda altura, e, competindo com ele em termos de volume.

(Rsrs)De repente escutei minha filha falando para a amiga: “você conhece alguma mãe que goste de reggae? E ambas caíram na risada e começaram a cantar comigo e Armandinho – o cantor do CD –” sentimento / você não sabe o que se passa aqui por dentro/ sentimento para mim é documento/ de alguém que tem muito amor pra dá / e eu quando te encontrar / vou te falar das coisas que eu sinto... / eu vou te subornar com meu amor / eu vou te subornar com meu amor...

Ao chegarmos a nosso destino, ouvi alguém gritar: é tia Ysolda que veio trazer Yauanna!!! Não deixa ela ir embora sem que a gente dê um monte de beijo nela!!!! - E o trânsito literalmente parou, a rua engarrafou e eu toda "fofa" e de soslaio, constatei o orgulho, mas também o ciúme enorme de minha princesa. Tem coisa melhor na vida?!- Ah, “Eu vou te subornar com meu amor..."

*********
Publicado no Recanto das Letras em 30/03/2009Código do texto: T1513874


Um comentário:

ysoldacabral disse...

Título: " EU VOU TE SUBORNAR COM MEU AMOR"
Autor: Ysolda Cabral


Comentários

12/04/2009 03h04 - Livinha
Meu Deus, eu não sabia que tinhamos tanto em comum, a diferença é que vc estar par a par com sua unica filha e eu tenho que encarar três. Mas o mais engraçado ainda é que as três tem a mesma opinião, (claro né mãe é bicho diferenciado deles) então acabam se tornando o três em um. Mas é desse jeito, livinha bem à vontade como taxista que trabalha de graça ou a caronista, mas de um jeito ou de outro, tenho que abrir mão dessas horas espaçosas para ouvir e vmo que vmo. Mas quando tropeçamos com amigos delas, aff maria, elas se benzem, agarro eles no meio da rua e faço a festa... Agora pensa Ysolda, será que elas imaginam que ficamos lá trás fazendo trancinhas em nossas vozinhas? Acompanhamos o tempo, bem ligeirinhas como vento e sempre dispostas a avançar... Ai como é bom... Eles não sabem que em nossa adolescencia, não tinhamos a conivencias dos nossos pais, a gente se reservou, e hoje tamo aqui a soltar o bicho que tanto tempo preso ficou... Adoro tuas crônicas.... Quero mais.... Parabéns!!

06/04/2009 11h29 - Julia Teles
Armandinho? Eu vou ver quem é... preciso conhecer. Ysolda Cabral?... ahn essa mulher é demais... bjssss amiga

02/04/2009 18h38 - Eli
AINNNNNNNNNNNNNN QUASE BOLEI DE TANTO RI,COMO AMO SUAS CRONICAS BB... VC FICOU LINDA MESMO COM ESSE NOVO VISUAL È A PRIMINHA MAIS LINDA DO MUNDOOOOOOOOOOO.... VOU TE CONTAR UM SEGREDO:TODO ESSE TEMPO A COISA Q EU AMIS SINTO FALTA É DE LER SUAS CRÔNICAS E POESIAS AMO TANTO,TANTO.. PARABÉNS VC É TUDO DE BOM...TE AMOOOOOOOOO

01/04/2009 23h09 - Drica
Vc é demais Ysoldinha eu viajo nas tuas crônicas , cada vez q leio me divirto de verdade! Sabe de uma coisa? Vou ouvir Armandinho! rsrsrsr

01/04/2009 20h38 - Tristão de Alegrette
Até disso a senhora soube tirar proveito e escrever com levesa e humor. Legal!

01/04/2009 18h06 - inara cabral
EXPLENDIDO!!!! DE VEZ EM QUANDO DIGO QUE LI O MELHOR! ESSE DIGO DE NOVO! É O MELHOR NO " MOMENTO" !!! COSTUMO DIZER QUE NOSSO PAI TRANSCEDEU A BIBLIA, POR LER POR MAIS DE 40 ANOS E ESTUDA-LA DITANDO VESÍCULOS E CAPITULOS SEM NEM LER HOJE PARA NÓS! GORA DIGO COM VOCE: DESCOBRIU O SEGREDO DA VIDA! QUE DELÍCIA!!!!!!!!

01/04/2009 12h19 - edson gonçalves ferreira
Excelente texto. Adorei. Você é muito observadora e uma ótima escritora. Abraço, Edson

01/04/2009 12h03 - Suzana
Vc ñ precisa de nenhuma indumentária,aliás,mto flu flu ñ combina com vc irmã.Sua beleza vem da alma,e reflete a todos.Suborno?!Que nada,vc nem precisa comprar...pq usted GANHA,demasiadamente o AMOR,e ñ podia ser diferente,és filha DELE. Lindo poema,parabéns Ysolda...te amo viu! Beijo grande,de quem mto de admira.

31/03/2009 13h35 - Puetalóide
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Deve de ter ficado mesmo muito bonita... descalça, de short e camiseta... Mãe e filha, duas meninonas pelas ruas de Recife. Abraços Poetisa!!!

31/03/2009 09h08 - Gaivota Feliz
No recanto você é amada sem suborno parabéns bjos

31/03/2009 01h48 - José Salvador
De incrível humor essa crônica... reflete o quanto tu és querida e que beleza não precisa de produção...ela está contida....beijos....

30/03/2009 18h56 - Xilef
Ola poetisa... bem pelo menos aqui no recanto, você não precisa usar de nem um suborno, pois tu tens o nosso amor incondicional... muito boa sua crônica... parabéns pela bela inspiração. Grande abraço

30/03/2009 18h39 - Maysa
Maravilhoso, um texto bem humorado, divertido e boas risadas eu dei, adorei, bjs, Maysa.

30/03/2009 18h31 - Jacó Filho
Beleza absoluta, são estas emoções que moldam a beleza de nossas almas... Parabéns! E que Deus nos abençoe e nos ilumine... Sempre...

30/03/2009 17h39 - Jeronimo Madureira
Bom demais, poetisa Ysolda! Parabéns! Ah, por falar em Reggae, os meus filhos têm uma banda de Reggae. Quando vc tiver um tempo, dá uma olhada no Youtube. O nome da Banda é: RERB (REGGAE ROCK BRAZUCA) Basta digitar RERB no Youtube, que vc vê a Banda. Meus filhos são o vocalista e o baterista. Bj!

30/03/2009 17h19 - Charles Canela
se só de soslaio vc ficou fofa, imagino se o olhar fosse compenetrado... vai se subornar assim de tanto amor, digo, vaidade, sô rssss lindo

30/03/2009 16h25 - Lu Genovez
Ê vidão!! Tem coisa melhor que ser amiga dos filhos??!! O que mata é esse "tia"... rs! Mas a gente aguenta. Adoro essas tuas crônicas cotidianas, lindeza!! Como o cotidiano pode ser bacana!! Beijãooooo. Hoje a noite escrevo tua carta!!rs

30/03/2009 16h21 - Jorge Luiz Vargas
Bela crônica poeta Ysolda! Adorei te ler. Grande abraço.