Seguidores

domingo, julho 12, 2009

DIA DE DOMINGO



DIA DE DOMINGO
De: Ysolda Cabral


Alguém perguntou:
“E você: como está?”
E eu parei, pensei,
Olhei para dentro de mim,
Senti um enorme vazio e chorei.

Chorei por mim,
Chorei pela criança que fui,
Que ainda sou e não acredito
Que tudo mudou.

Chorei por tudo o que não vivi...

Chorei pelo que sofri,
Chorei pelo menino que hoje vi,
Chorando na esquina,
Por nada esperar da vida.

E é assim que estou meu amigo,
Chorando, porém sorrindo e sonhando,
Com o dia de finalmente,
Ter um belo “Dia de Domingo.”

**********

Publicada no Recanto das Letras em 12/07/2009 - às 12h13
Código do texto: T1695478


Um comentário:

Livinha disse...

Lagrimas caídas ao chão, é a letra do sentimento, escrevendo um nome santo que se chama coração...
(Lívi@petitto)

Lindo poema Ysolda, como sempre
Gosto muuito!!
Tenha um excelente domingo de mta Paz!