Seguidores

sexta-feira, julho 03, 2009

ELE É O ÁS




ELE É O ÁS
De: Ysolda Cabral


Ai, ai, ai... Como estou horrível!
Não me reconheço mais,
Isso é assustador e terrível.

Nada em mim sou eu!
Afinal aonde fui parar?
Já procurei nos quatro cantos
E não me encontro em nenhum lugar.

Que faço para me achar?
Não estou no chão e nem no ar.
Talvez esteja num mundo paralelo,
Pintado de amarelo,
Cor sem graça de amargar.

Vou fechar os olhos,
Bem fechados só pra me achar.
Agora: um, dois, três e já!
Cadê????
Também não estou lá!

Ah! Já sei...
Vou apelar pra São Longuinho!!!
Afinal ele é o Ás...
Se ele me encontrar, dou três pulinhos,
Mesmo q'eu depois caia pra trás.
Ah! E então? Jas!
*
**********

Publicada tb no Recanto das Letras

http://recantodasletras.uol.com.br/poesias/1680146

Nenhum comentário: