Seguidores

segunda-feira, novembro 24, 2008

ADEUS





ADEUS
De: Ysolda Cabral


Amo você de maneira intensa
Amo você de maneira pura e bela
Amo você de maneira concreta
Amo você sem nem saber por quê
E parece que isso não lhe interessa

Então, está tudo resolvido
E, com muita clareza lhe digo:
Não precisa fugir
Não precisa temer
Não quero mais saber de você

Vou lhe tirar do meu coração
Da minha alma não consigo não
E nesta vida prefiro morrer
A ter que um dia lhe rever

O beijo que me deu
Roubado por mim
Vou esquecer
Afinal, você não queria não
E ainda teve coragem de dizer

Suas cartas, fotos, flores,
Trevos da sorte
Vou queimar num fogo alto
Com cuidado
Para nem cinza deles sobrar

E as últimas cartas que lhe enviei
Que você prometeu, mas não respondeu
Não as leia, as queime também
Apesar de terem sido escritas com amor
Agora não têm mais nenhum valor

Portanto, adeus
E seja feliz do jeito que for...

Um comentário:

Anônimo disse...

Q COISA MAIS LINDA GRANDE POETA..

ME FAZ CHORAR...

COMO PODE SER TÃO ASSIM..

AUTAMENTE ORGULHOSA DE VC,MUITÃOZÃO

EU QUERO UM LIVRO DE POESIAS SÓ SEU

E AINDA AUTOGRAFADO..

AMO TU E PRONTO.