Seguidores

terça-feira, novembro 18, 2008

APENAS UM BEIJO


APENAS UM BEIJO
De: Ysolda Cabral

Pela primeira vez na vida
O medo de nunca mais o encontrar
Anulou o seu raciocínio e o seu bom censo
E sem pensar em nada ela lhe roubou um beijo

Sem luar...

Ele pego de surpresa, reagiu
Invadindo-a por completo
Com suavidade, amor e carinho
A fez sua novamente
Apenas com um simples beijo

Sem receio...

Levou-a de volta no tempo
De quando se conheceram
Ou se reconheceram
Quem vai saber a verdadeira trama

O enredo...

Por ela teria permanecido lá
Mas ele não deixou
Trouxe-a de volta para cá

Com zelo...

Ao retornar, aparentemente calma e controlada
Ela partiu triste, desnorteada e sem jeito
Levando no peito um enorme aperto
Pelo medo de nunca mais revê-lo

Que enlevo...

*********************

* Tema sugerido

Publicado no Recanto das Letras
Em 18/11/2008 - Código do texto: T1290201

3 comentários:

Livinha disse...

O beijo que foi tirado
é o mesmo beijo que foi dado
no mesmo passo, enlevado
mas nunca um beijo roubado
porque havia sintonia
entre olhos trocado
de um desejo reparado
do testemunho luar
que mesmo sem se mostrar,
a lua estava lá
sempre no mesmo lugar....

Maravilhoso
esse beijo não Ysoldinha???

ysoldacabral disse...

Livinha,

Minha amiga querida,
Não pense que tudo àquilo que escrevo
Vem das minhas próprias experiências.

- Até que gostaria!

Algumas confesso que são, por que não?
Entretanto, muitas são vividas através da realidade de outros,
As quais consigo com muito gosto, colocar na tela,
No papel e até no violão
Com todo o meu coração.

Um abraço carinhoso,
Ysolda Cabral

Anônimo disse...

Ñ aguentei a curiosidade e vim logo aqui conferir,o ruim de ser fã de alguém é isso a curiosidade de saber o que vem atraz daquelas pelas palavras.. Amei de mais voltei o passado acho q vc se inspirou em mim rsrsr muito lindo tirando o chapeu pra vc priminha amada e adorada...
hummmmmmm já pegaram um beijo meu sem pediR,mais logo pedi para me devolver sem pressa kkkkkkkk...


TE AMO POETISA MAIS LINDA DO MUNDO.