Seguidores

quinta-feira, novembro 27, 2008

EM OUTRA DIMENSÃO


EM OUTRA DIMENSÃO
De: Ysolda Cabral




Escrever para mim sempre foi uma coisa corriqueira e natural.
Não queria saber se estava claro o meu pensamento,
Se o português estava correto e legal.
Eu queria apenas escrever tudo que minha alma ditava, sem restrição.
Então escrevia e ainda escrevo sob forte emoção.

Isso me levou hoje, novamente, ao hospital.
É que a emoção anda tão a flor da pele
Que a pressão subiu e por pouco não explodiu,
Levando-me de vez para outra dimensão.
Ou não...

Enquanto lá me encontrava a espera do desfecho,
No reservado da urgência, só comigo e Deus,
Fiz uma retrospectiva na minha vida e constatei,
O quanto até agora ela valeu.

Queria sair rápido dali e de qualquer maneira.
As lágrimas, pelos cantos dos olhos, molhavam o travesseiro
E senti-las escorregarem pelo meu rosto,
Aliviou a solidão e o cansaço.
E, toda a força da vida em mim prevaleceu.

Levantei-me e me dei alta.
Peguei o carro e vim pra casa.
Cá estou com o Tum... Tum... Apaziguado,
A pressão sob controle
E a emoção em disparada.

**********

Publicada também no Recanto das Letras

Um comentário:

Anônimo disse...

Nada de levar vc pra outra dimensão,na qual eu iria ficar triste com Deus,pois sei q ele ñ faria uma coisa dessas...nunca nunca

[:(][:(][:(]

TE AMO..