Seguidores

sábado, abril 04, 2009

COMIGO LÁ VOU EU


COMIGO LÁ VOU EU
De: Ysolda Cabral


Agora é mesmo pra valer:
Sou eu comigo.
E comigo lá vou eu...
Sem destino e na peleja,
Independente do que aconteça...

- Ou será que não?
Talvez sim... Talvez não sei...

Eu me digo vá por ali,
Sem sair daqui e nem de mim.
O meu eu é teimoso e complicado,
Vive me dando trabalho!

- Ou será que não?
Talvez sim... Talvez não sei...

Ele exige pouco dos outros,
E muito da sem noção daquela que há em mim...
Cansada, hoje triste e tão desencantada!

Ou será que não?
Talvez sim... Talvez não sei...

Quanto encanto encantado,
Havia ontem no meu parco imaginário,
Um dia involuntariamente criado!

Ou será que não?
Talvez sim... Talvez não sei...

Das coisas que vejo duvido.
Das coisas que sinto me demito!
Para que amar um amor inventado,
Se antes mesmo de existir
Está morto e enterrado?

Ou será que não?
Talvez sim... Talvez não sei...

Um comentário:

ysoldacabral disse...

Título: COMIGO LÁ VOU EU
Autor: Ysolda Cabral


Comentários

10/04/2009 14h05 - Tristão de Alegrette
Talvez sim...Talvez não sei, eis a questão. Na dúvida, Ysola, Ysolda!

08/04/2009 18h53 - Jeronimo Madureira
Pode ser que sim, ou não! Rsrsrsss!!! Parabéns, minha querida poetisa! Bj!

07/04/2009 08h56 - ivi
Muito bom, Poeta ! Beijos.

05/04/2009 00h22 - José Salvador
Minha cara Ysolda... que belas indagações poéticas... acho que nos redescobrimos a cada dia... beijos...

04/04/2009 15h33 - Isabel Nocetti
Me faço estas mesmas perguntas, coisas de nossas vidas e dúvidas que carregaremos sempre! ADOREI teu delicioso texto, parabéns poetisa!

04/04/2009 15h26 - Lu Genovez
Olha lindeza, enqto nos fizermos essa pergunta e nos dermos essa resposta "talvez não sei", é que estamos vivos. Há ainda questionamentos internos e isso é muito bom!! Adoreiiiiii!!! Beijooo

04/04/2009 15h01 - Mario Roberto Guimarães
Seus poemas são sempre uma agradável leitura, Ysolda, parabéns. Beijos, Mario.