Seguidores

quarta-feira, abril 22, 2009

QUE SENTENÇA O JUÍZ ME DARIA?



QUE SENTENÇA O JUÍZ ME DARIA?
De: Ysolda Cabral


Apesar da noite mal dormida, amanheci bem disposta e com vontade de comemorar o dia do meu aniversário – se bem que a “festa” foi ontem, 21/04, por conta do feriado a exemplo do que acontece todos os anos - e resolvi ir tomar o “coca-café” da manhã com papai. (Coca-zero para mim e café para ele, claro).

Chovia forte, sobre a capital pernambucana, e, isso me fez desejar ir andando para sentir a chuva em meu rosto, lembrando o tempo de menina... Contudo, isso seria impossível, pois ainda não estou totalmente recuperada da torção no tornozelo.

Quando cheguei, papai me recebeu com a alegria de sempre, me “tascou” aquele abraço que, de tão apertado, tira o fôlego e dá raiva em todos nós seus filhos. (Rsrs) Levou-me para o melhor lugar da casa – a cozinha – aonde costumávamos conversar com mamãe.

Enquanto Nalva assava o nosso pãozinho, papai se desculpava por não ter vindo aqui em casa ontem. Nem escutou quando lhe disse que não havia tido festa e que o meu aniversário não era dia 21 e sim 22 - hoje. - E ele escutava?!

Fiquei a observá-lo com orgulho, carinho e admiração pelo homem simples, integro e inteligente; quando ele observou, dando risada, que quem gostava de festa era meu avô, seu pai. E contou que, certa ocasião, quando ainda era menino, vovô foi convidado para uma festa na cidadezinha que moravam.

Zé Lamour, um dos homens mais ricos da localidade, também havia sido convidado e, não sei por que cargas d’agua resolveu ir à festa levando, no bolso da calça, a quantia de vinte contos de réis – para a época, uma verdadeira fortuna!

Muita comida e principalmente muita bebida fez a festa se prolongar por horas a fio. No dia seguinte, Zé Lamour deu por falta dos seus vinte contos de réis e transtornado entrou com uma Ação contra o dono da festa, visando o ressarcimento de seu dinheiro.

O caso foi a júri popular e o tribunal naquele dia ficou repleto. O advogado de defesa argumentou que seu cliente não poderia ser responsabilizado pelo “desaparecimento” do dinheiro uma vez que, ficara tão bêbedo quanto o autor da Ação e demais convidados.

O juiz, perguntou quem não havia bebido na festa e o advogado respondeu que o único a não beber tinha sido o meu avô, pois este nunca bebera em sua vida.

O juiz, mais que depressa, ordenou que fossem chamá-lo. Quando vovô chegou, logo lhe perguntou como havia sido possível o dinheiro do Sr. Zé Lamour ter “desaparecido” em plena festa.

Meu avô então respondeu:

- Excelência, aonde há bebida, tudo é possível.

O Juiz pensou, pensou e resolveu determinar que, os "bebuns" da festa, todos presentes no Tribunal, dividissem o respectivo valor e ressarcissem ao Sr. Zé Lamour,imediatamente, sob pena de irem para o "xilindró”. E, assim, deu por encerrada a Audiência.

Despedi-me do meu pai e no caminho de volta para casa, cometi o delito de roubar flores de um jardim para me presentear. - Afinal, hoje não é meu aniversário!

- Que sentença o tal Juiz me daria...? (Rsrs)


**********
Publicada também no Recanto das Letras

2 comentários:

Anônimo disse...

AINNNNNNNNNNNNNNNN,EU AMO ESSAS COISAS,KKKKKKKKKKKKKKKKKK Q ENGRAÇADO EM APENAS UMA FESTA,TODA ESSA CONFUZÃO RSRSRRS....

SE FOSSE NOS DIAS DE HOJE,ELE TINHA SAIDO SEM A ROUPA RSRSRSS
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

SUA PENA YSOLDINHA,É DE SEMPRE LEMBRA Q UMA FLOR Ñ SE ROUBA,ARRANCA SORRISOS QUANDO ELA CONSEGUE ARRACA O SEU..

ysoldacabral disse...

Título: QUE SENTENÇA O JUÍZ ME DARIA?
Autor: Ysolda Cabral


Comentários

24/04/2009 01h18 - José Salvador
Prisão perpétua no coração mais apaixonado do mundo.rs.rs..rs..suas crônicas são sempre divertidas....coitado do Zé Lamour..rs..rs..beijos....

24/04/2009 00h23 - Carmem Lucia
Foi ontem, menin a Ysolda seu aniversário! certeza que as flores estão belas em sua sala! Deus ilumine sua vida e creia: Não haverá punição. Foi seu dia e merece todas flores ! Beijao

23/04/2009 18h27 - Ângela Maria Rodrigues de Oliveira P Gurgel
Ainda recebe os parabéns, mesmo com um dia de atraso??? parabéns também por esta delícia de crônica. Abraços.

22/04/2009 23h42 - Léia Batista
Que bom que cheguei a tempo de entrar na festa! Tu merece todas as flores hoje e sempre, querida! E se o juiz te prender, me avisa que eu pago a fiança. rsrs Feliz aniversário!Beijos!

22/04/2009 23h08 - Jacó Filho
Que maravilha de texto Ysolda, adorei... Mas não vou indicar um suspeito... Mas lhe desejo toda felicidade do mundo, e que no próximo aniversário, eu ainda lembre a data para não deixar passar em branco, o dia que Pernambuco foi agraciado com sua poetisa maior... Parabéns! Que a alegria de viver jamais solte seu coração... E que Deus a abençoe e a ilumine... Sempre...

22/04/2009 22h34 - CELLYME
Ysolda, que maravilha de crônica. Envolvente e gostosa de ler. Parabéns por seu aniversário. Ah! creio que seria absolvida. rsrs. Abraços

22/04/2009 21h04 - Silvanio Alves
Pujbliquei o comentário em minha escrivaninha como mensagem de aniversário para ti, poetisa! Mais uma vez, parabéns!

22/04/2009 20h05 - Silvia Regina Costa Lima
alo menina*********** Passei parte do dia sem poder postar nada aqui no recanto, com o Ip preso por causa da minha ciranda(muitos convites e eles bloqueiam o IP como se fosse spam)****Mas vim agora te deixar um beijo mais que azul e nada nobre, somente afetivo mesmo ...rsrsrs *****Saúde e Paz sempre e sucesso. Seja Feliz!!!

22/04/2009 19h39 - Yauanna Cabral Cavalcanti
Ela é mãe, Ela é poetisa, Ela é amiga, Ela é a mais nova estudante de Direito, Ela é guerreira, Ela é cantora, Ela é LINDA, Ela é TUDO! Mamãe quero que você seja sempre feliz, que Deus lhe ilumine sempre! Você vai conseguir tudo que quiser, eu sei. É um exemplo pra mim, ter você como minha mãe. Desejo tudo de mais lindo na sua vida, sabe por quê? Você merece muito mais do que belas palavras. Amo você mais que tudo na vida. Sua filha,

22/04/2009 18h40 - Tristão de Alegrette
Ysolda do céu, você está no bico do tuiuiú. A pena para esse tipo de delito é muito grande. você deve saber melhor que ninguém o que acontece nesse país para ladrões de galinha, digo...(entendeu né?) Mas, se pegares um bom advogado (a), e justificar que o roubo era para uma causa nobre, quem sabe o coração do juiz amoleça. Duplo parabéns.

22/04/2009 17h17 - Yara Corrêa Picardo
Que gostosura ouvir os contos de seu Pai, realmente uma época diferente.Quantos as flores quem não curte.Parabéns linda e muitas flores no seu caminho.Um beij<> e muitos carinhos.Yara

22/04/2009 15h51 - Iracema Braga
Ysolda querida, é uma delicia lê seus textos, não quero saber que vai se esconder e não ir para faculdade. Tem pasteiszinhos de festa para você. Feliz aniversário!

22/04/2009 15h23 - Puetalóide
Minha Adorávl Poetisa Ysolda!!! Quisera eu ser poeta, pra te fazer versos bonitos e te saudar em teu aniversário. Mas a vida não me fez assim. Mas deu-me o direito de recorrer até Exupery e fazer minhas as suas palavras, e dizer-te que... "Se a cada dia que passa, tu fores uma centelha de luz, no final de tua vida terás iluminado o mundo. Parabéns Ysolda!!!

22/04/2009 14h40 - inara cabral
A que saudade de tudoooooooooo É ,infelizemente ,a vida é assim....mas, se ficarmos tristes penso que será pior... melhor é alçar um âncora lá cima , por via das dúvidas, para tristeza e lembranças que naõ podemos mudar... e só acatar o designos do tempo.... e a Graça de mais um ano por vir todo seu!!!!

22/04/2009 13h17 - Tê Lima
Sobre a crônica, sou suspeita a dizer qualquer coisa porque sempre acho que está divina... sobre seu aniversário, gostaria de ser a Juíza para lhe punir por não ter me dado a oportunidade de lhe dá um abraço, aquele de tirar o folêgo(rs)...mas tudo bem, amanhã vc não escapará, espero!!! bjos

22/04/2009 13h08 - Silvanio Alves
Belíssimo e engraçado caso contado por seu pai e vivenciado pelo seu avô. A única sentença possível, seria parabenizar-lhe por mais um ano de vida, afinal, as flores desabrocham para serem admiradas e colhidas! Poetisa, gostaria de te parabenizar e dizer-lhe que eu desejo para para ti muitos abraços apertados de seu Pai. Abraços de tirar o fôlego de emoção. Espero que ele possa te contar muitoas casos da vida real e que o seu sorriso seja uma marca indelével em tua alma! Desejo que sua vida tenha paz e serenidade. Espero que teus passos te conduzam pelos caminho do amor até a essência da sabedoria. Pois só com sabedoria, teremos maturidade de experimentar a felicidade tão sonhada e cantada em versos e porsas. Espero que encontres muitas flores no caminho para que tu possas "roubá-las e te oferecer de presente de aniversário. Espero que o céu de tua vida tenha muitas estrelas para que nos dias de tempestades, tu te recordes que o teu céu irá brilhar! Posso te dizer que a vida traz para cada ser a oportunidade e as condições de superação. Quando chega o dia do aniversário, dia de festas, olhamos para nós mesmos e percebemos que Deus é generoso para conosco. Ele nos oferece os milagres extraordinários e que nem sequer percebemos acontecer. São os milagres que nossos olhos contemplam como a flor que tu roubaste no caminho. Parabéns para ti. Desejo-te muitos anos de saúde e prosperidade. Que a sabedoria te ofereça uma porção de si para que tu possas escolher o melhor da vida!

22/04/2009 12h56 - Lu Genovez
Eu não sei, porque tb roubaria flores pra ti, lindeza!!! E essa coca zero é horrível, guria. Coca boa é a vermelhinha!!!rs Parabéns, meu amor!! Todas as felicidades desse mundo!!! Deixei um depô simplinho pra ti no orkut, não fui lá ainda. Não sei se viste!!! Todos os beijossss!!!!