Seguidores

domingo, dezembro 28, 2008

CABELOS AO VENTO




CABELOS AO VENTO
De: Ysolda Cabral



E agora o que faço de mim?
Minha alma transborda de saudade,
De alguma coisa nunca realmente vivida,
Mesmo assim perdida,
Em algum momento da vida.

E agora o que faço de mim,
Sem sonhos, sem planos e sem fantasia?
Ao reler seus poemas, seus sonetos, seus pensamentos...
Todos lindos, mágicos, cheios de amor e promessas...
Reflito, por que tinha que ser assim?

Dias iguais e sem sentido...
Lágrimas queimam a minha face,
Deixam profundas marcas.
A boca fica seca e sem saliva.
Como engolir uma solidão tão infinita?

O silêncio agora me envolve,
Só ele me abraça e conforta.
Fico calma e resolvo sair por aí...

Piso firme no acelerador,
Sem destino e sem direção...
Deixo o vento brincar com meus cabelos.
E tiro você, definitivamente, do meu pensamento,
Da minha alma e do meu bobo coração.

**********


Publicada tb no Recanto das Letras







Nenhum comentário: