Seguidores

quinta-feira, dezembro 04, 2008

MINHA ESTUPIDEZ




MINHA ESTUPIDEZ
De: Ysolda Cabral



Queria não ser tão emotiva,
Vezes há que pareço contida.
É uma atitude aparente
E isso quando acontece,
Até fico contente.

Sofro quietinha,
Num canto qualquer,
Para ninguém perceber.
Logo me recupero
E sigo com fé.

Procuro não incomodar
E se não puder ajudar,
Não atrapalho ninguém.
Sou assim e mesmo assim,
Não fico bem.

Sou má interpretada,
Distorcem minhas palavras
E por mais que eu faça,
Sempre caio em desgraça.

Não adianta ser educada,
Carinhosa e engraçada.
Humilde e sem preconceito,
Acham que sou devaneio.

Ah! Hoje estou muito chateada...


**********

Publicado no Recanto das Letras em 04/12/2008Código do texto: T1318846

Nenhum comentário: