Seguidores

domingo, dezembro 07, 2008

UM SUAVE CARINHO



UM SUAVE CARINHO
De: Ysolda Cabral



Sou o vento que acaricia os seus cabelos,
Reclamando dos lindos cachos que mandasses cortar.
Sinto uma falta tão grande deles,
Que chego a chorar.

Vezes há que penso em você ainda com eles,
Lembro que somos os mesmos,
Porém, muito diferentes daqueles que fomos
E ainda somos e não podemos.

Não sei por onde andas,
Nem sei se tudo
O que não houve valeu.

Só sei que hoje sou o vento
Que mexe em seus cabelos
Fazendo-lhe carinho,
Suave e com tento.

O tempo rápido em circulo se fechou,
Colocando-nos frente a frente,
Para que soubéssemos que ele passou.

Nos levou por caminhos
Distintos, distantes e definitivos.
Com amores, os quais nos deram belas flores
Mas, de nós, apenas a saudade deixou.


2 comentários:

ysoldacabral disse...

Comentários deixados no RL:

10/12/2008 08h58 - Jacó Filho
Lindíssimo poema... Adorei... Parabéns! E que Deus nos abençoe... Sempre...

09/12/2008 00h53 - Jeronimo Madureira
Saudade que produz recordações boas e, ao mesmo tempo deixa um vazio. Parabéns, poetisa! Bj!

08/12/2008 23h39 - inara cabral
Encanto...

08/12/2008 23h34 - Helenna Dinniz
Lindo poema!!! super envolvente cheio de saudades de um lindo e doce amor.. sauades quando é assim vale apena pois sente ´porque viveu... adorei o texto, simplesmente maravilhoso, grta pelo carinho de sempre, pra ti uma ótima noite bjus poesia

08/12/2008 12h25 - Lu Genovez
20 buscar!!! rs. Beijãoo, linda!!
08/12/2008 02h55 - Marlene Vieira Aragão
QUE LINDA SAUDADE, HEM? PARABÉNS! ABRAÇOS/

08/12/2008 01h06 - TACIANA VALENÇA
Ysolda, minha conterrânea, que maravilha de poesia. Beijos e boa semana. Taci.

07/12/2008 16h13 - Ternurinha
Que belo poema sobre a saudade das coisas boas que vivemos. Bela inspiração querida poetisa. Boa semana pra vc. Edith

07/12/2008 16h13 - Isabel Nocetti
Que bela poesia!Fiquei encantada poetisa!Um belo domingo!

07/12/2008 15h59 - Lu Genovez
Acho que tô na fila desse cinema. Já, já vejo esse filme... rs!!!! Beijos, minha bela
**********
Obrigada,
Ysolda Cabral

Leni Martins disse...

Nossaaaaa só agora vi seu blog...amiga...que lindo poema entre tantos....não sabia que escrevia tamb.
este poema é maravilhoso...tudo que fala sobre o vento me agrada demais....afinal de contas acho que somos o próprio vento.
Quantos talentos em uma alma!!!
Deus te abençõe sempre.
Meus parabéns mesmooooooo.
Mil beijusss
leni